Polícia

Bandidos apontam arma para homem durante arrastão em ponto de ônibus

Foram levados celulares e bolsas das vítimas

Thatiana Melo Publicado em 02/08/2016, às 10h36

None
2.jpg

Foram levados celulares e bolsas das vítimas

Durante a manhã desta terça-feira (2) um grupo de pessoas foi assaltado em um ponto de ônibus, na Rua Ezequiel esquina com a Rua Drumond de Andrade, no Bairro Guanandi, em Campo Grande.

As vítimas que foram até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga depois do roubo. Uma das vítimas, um homem, 56 anos, afirmou aos policiais que estava acompanhando a filha, de 24 anos, até o ponto de ônibus por causa dos inúmeros assaltados na região.

No local estava mais uma vítima, uma mulher, de 49 anos, funcionária da Santa Casa de Campo Grande, que teve a bolsa levada pelos bandidos. De acordo com o homem, a dupla chegou em uma motocicleta, de cor roxa, armados com um revólver.

O garupa desceu da motocicleta e apontou o revólver no tórax do homem anunciando o assalto e exigindo que entregassem seus pertences. De acordo com a vítima, um dos bandidos foi ‘cortês’ durante o assalto, enquanto o piloto da moto ficava acelerando o veículo a todo o momento para intimidá-los.

Depois do roubo a dupla fugiu. De acordo com os policiais, o roubo cometido nesta manhã deve ser de autoria da mesma dupla que vem agindo na região. A conclusão seria devido às características repassadas pelas vitimas aos policiais.

O homem ainda relatou que já esta é a segunda vez que é assaltado na mesma região. No primeiro assalto estava em um estabelecimento na região, quando quatro bandidos em bicicletas invadiram o local e anunciaram o assalto.

Jornal Midiamax