Polícia

Através de Facebook, policiais prendem jovem que vendia produtos furtados na rede

Vídeo-game seria vendido por R$ 1.400

Thatiana Melo Publicado em 16/03/2016, às 12h42

None
facebook-offers.jpeg

Vídeo-game seria vendido por R$ 1.400

Através de anúncios em grupo de vendas do Facebook, policiais da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga, rastrearam e localizaram um jovem, de 18 anos, que estaria negociando em um grupo de vendas um vídeo-game furtado de uma residência na Capital.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o jovem foi localizado tentando vender o vídeo-game em um grupo de no Facebook, sendo que o SIG (Serviço de Investigações Gerais) manteve contato com o autor pela rede social e nesta terça-feira (15) ao encontrarem o jovem localizaram com ele o vídeo-game com dois controles.

Para os policiais, o autor afirmou que teria comprado o objeto de outra pessoa pelo valor de R$ 1 mil, tendo seis dias para fazer o pagamento e que venderia por R$ 1.400, e com o lucro da venda consertaria sua motocicleta estragada.

Foi passado para os policiais o nome do vendedor que localizado pela polícia afirmou ter conseguido o vídeo-game de um homem identificado como Rogério, que teria dito que o vídeo-game teria sido furtado de uma residência juntamente com uma pistola. O caso foi registrado como receptação culposa.

Jornal Midiamax