Polícia

Assassinato em Três Lagoas foi causado por dívida com quadrilha

Jovem tinha dívida por venda de moto furtada

Caroline Carvalho Publicado em 03/04/2016, às 14h14

None
policia_civil.jpg

Jovem tinha dívida por venda de moto furtada

O assassinato de Thiago Queiroz, 22 anos, ocorrido na madrugada deste sábado (2), em Três Lagoas, 338 quilômetros de Campo Grande, foi causado por acerto de contas. O jovem teria uma dívida com quadrilha por venda de moto furtada, no ano passado. A Polícia Civil investiga o caso com base em informações dadas por dois dos cinco acusados pelo crime.

O crime aconteceu em torno das 4 horas da manhã em um posto de gasolina localizado no Jardim Alvorada. A vítima teria sido cercada por dois homens em uma mota e atingido por quatro tiros disparados. Um Honda Civic acompanhava a motocicleta para dar cobertura ao assassinato.

Segundo informações do Jornal do Povo, três dos cinco acusados estão presos, dois estão foragidos e um foi liberado após pagar fiança de R$ 2 mil. Um revolver calibre 22, com duas munições intactas e sete deflagrados, foi encontrado no fundo de um bar pertencente a um dos suspeito, e foi apreendido.  

Jornal Midiamax