Polícia

Após pedir força no Facebook, Padre é encontrado enforcado

Pároco estaria em depressão após a morte da mãe

Evelin Cáceres Publicado em 18/11/2016, às 12h23

None
padre.jpg

Pároco estaria em depressão após a morte da mãe

O padre Rosalino Santos, de 34 anos, foi encontrado morto por enforcamento na manhã desta sexta-feira (18) em Corumbá, cidade distante 444 quilômetros de Campo Grande.

Rosalino era pároco da Igreja São Bartolomeu, que fica na parte alta da cidade. Segundo o jornal Diário Corumbaense, o corpo do religioso foi encontrado por volta das 7h dentro do Bispado, na Rua Antônio João, onde morava há cerca de dois anos.

As primeiras informações são de que o padre tenha cometido suicídio, mas o caso será investigado pela polícia. No último dia 16, Rosalino pediu forças pelo Facebook aos colegas.

Desde a morte da mãe, o pároco entrou num quadro de depressão, segundo familiares. O corpo foi levado para o Imol (Instituto Médico-Odontológico Legal) por volta das 08h20. O velório será em Ladário, na igreja Nossa Senhora dos Remédios, em horário ainda a ser confirmado.

Na última quarta-feira, o padre Rosalino postou na seguinte mensagem em sua página pessoal no Facebook: “noites traiçoeiras…até aqui não faltou em mim esforço, dei o meu melhor,,,, mas tenho remado muito a favor de maré, e tenho permitido que a ela me leve…..momentos de revolver tudo, de tomar uma nova decisão…me ilumine senhor…. seu amor é e me basta me refaça, mas faça apenas humano….”

Jornal Midiamax