Polícia

Amigos que jogavam futebol presenciam perseguição e assassinato de ‘Neguinho’

Autores não foram encontrados

Thatiana Melo Publicado em 30/01/2016, às 11h34

None
depac_piratininga_-_mj_2.jpg

Autores não foram encontrados

Por volta das 21 horas desta sexta-feira (29), Murilo de Paula Soares, de 20 anos, conhecido como 'Neguinho da horta' foi assassinado quando fugia de um grupo, na Avenida Gury Marques, no Jardim Santa Felicidade, em Campo Grande.

De acordo com informações policiais, um grupo de pessoas jogava futebol em um campo perto da avenida quando viram 'Neguinho' correndo e pedindo socorro pela avenida. O grupo que vinha atrás perseguia o jovem efetuando vários disparos, sendo que cinco tiros atingiram a vítima.

Populares acionaram a Polícia Militar, que ao chegar ao local encontrou o jovem caído no chão ainda vivo com uma arma ao seu lado. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, mas ao chegar a vítima já estava morta.

Antes de morrer, Murilo não soube dizer aos policiais quem seriam as pessoas que o perseguiam. O revólver Taurus calibre 32, encontrado com a vítima, estava com a numeração raspada, e ao lado do corpo ainda foram encontradas moedas, um cachimbo artesanal, três munições intactas e duas deflagradas.

A polícia fez buscas pela região, mas os autores do crime não foram localizados. O corpo foi encaminhado para o IMOL (Instituto de Medicina e Odontologia Legal). O caso foi registrado como homicídio simples, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Piratininga.

Jornal Midiamax