Polícia

Acusado de tentativa de homicídio na Capital é condenado a 4 anos em regime semiaberto

Ele teria atirado após uma das vítimas se recusar a emprestar a moto 

Gerciane Alves Publicado em 05/08/2016, às 20h46

None
tjms.jpg

Ele teria atirado após uma das vítimas se recusar a emprestar a moto 

Luan Romero Dias foi condenado nesta sexta-feira (5) a 4 anos e um mês de reclusão, em regime semiaberto, por tentar matar três pessoas no Bairro Caiçara, região sudoeste de Campo Grande. O crime aconteceu em fevereiro de 2009.

Segundo informações do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, no dia 12 de fevereiro de 2009, na rua Vital Brasil, no Bairro Caiçara, o acusado teria disparado contra as três vítimas acertando uma delas. O motivo seria o fato de uma delas não querer emprestar a motocicleta para um amigo de Luan.

Por fim, o Ministério Público descreveu que o réu usou recurso que dificultou a defesa da vítima, porque efetuou os disparos de forma repentina, sem que pudessem esboçar reação. Reunido em sala secreta, o Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou o réu nas tentativas de homicídio em relação a duas vítimas, afastando as duas qualificadoras, e o absolveu em relação a terceira vítima.

O juiz da 2ª Vara do Tribunal do Júri, Aluízio Pereira dos Santos, fixou em definitivo a pena-base de Luan em 4 anos e 1 mês de reclusão em regime semiaberto.

Jornal Midiamax