Polícia

Açougueiro e ‘Favela’ são julgados por matarem jovem com mais de 10 facadas

Um adolescente também participou do crime

Diego Alves Publicado em 31/03/2016, às 22h50

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

Um adolescente também participou do crime

O açougueiro Paulo Henrique dos Santos, 25, e Matheus Antônio Hugo de Alcântara, 19, conhecido como “Favela” serão julgados pelos assassinato de Frankllyn Willyan Soares, de 24 anos, ocorrido no dia 8 de fevereiro do ano passado Rua Verdes Mares no Bairro Jardim Corcovado, em Campo Grande. Um adolescente que foi apreendido um dia após o crime.

De acordo com informações na época, a Frankllyn e o trio tiveram uma discussão no dia enquanto assistiam uma partida de futebol no bairro. Em um momento, a briga ficou mais calorosa, quando Paulo e o adolescente seguraram Frankllyn enquanto Favela o esfaqueava.

A vítima ainda teria conseguido fugir do local, e, mesmo ferida, fugiu e se escondeu. Porém, os suspeitos foram atrás e acharam o rapaz.

Eles acabaram desferindo mais golpes, deixando a faca cravada no pescoço de Frankllyn. O corpo Frankllyn só foi localizado um dia depois com 14 perfurações, a maioria no peito e nas costas.  O julgamento será realizado às sexta-feira (1), às 8 horas, pela 1ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

Jornal Midiamax