Polícia

Acadêmicos de medicina incendeiam carro e acabam presos

Eles foram abordados quando deixavam estrada vicinal 

Midiamax Publicado em 13/11/2016, às 18h02

None
carro_incendiado2.jpg

Eles foram abordados quando deixavam estrada vicinal 

Três brasileiros foram presos, na noite deste sábado (12), acusados de incendiarem um veículo na região de fronteira. Eles seriam estudantes de medicina na cidade de Pedro Juan Caballero, que faz fronteira com Ponta Porã, e foram presos quando deixavam a estrada vicinal onde o carro foi encontrado.

De acordo com o Porã News, um dos brasileiros, de 30 anos, seria morador de Cuibá, no Mato Grosso. Outro, de 40 anos, é natural de Araçatuba, em São Paulo, e o terceiro, morador do estado do Amazonas. Todos seriam estudantes de medicina na cidade paraguaia.

Eles são acusados de incendiar um veículo Fiat Uno, em uma estrada vicinal da colônia Victoriaí, que fica a quatro quilômetros de Pedro Juan Caballero. Os mesmos foram presos no momento em que abandonavam a região por agentes da Policia Nacional do Paraguai.

Os agentes informaram que receberam o alerta de populares e realizavam as buscas pela região, quando encontraram os três estudantes. Eles foram abordados e receberam voz de prisão e encaminhados a delegacia de policia da cidade.

O Ministério Publico local determinou a prisão preventiva dos três enquanto investiga o que teria motivado o crime.

Jornal Midiamax