Polícia

Vítimas na BR-267 eram mãe e esposa de preso e viajavam para visitá-lo

Acidente aconteceu na madrugada deste sábado

Kemila Pellin Publicado em 26/09/2015, às 22h12

None
aparecida_batista_de_oliveira.jpg

Acidente aconteceu na madrugada deste sábado

Aparecida Batista de Oliveira, de 64 anos e Natália Almeida de Freitas, de 17 anos, foram identificadas como sendo as duas vítimas do acidente, evolvendo uma picape Strada e um bi trem tanque, na BR-267, na madrugada deste sábado (26).

Conforme informações do site Jornal da Nova, as mulheres eram moradoras do distrito de Nova Casa Verde, que fica no município de Nova Andradina, distante 120 quilômetros de Campo Grande, e estavam vindo para a Capital para visitar Rodinello Cesar de Oliveira, de 30anos, que está preso na cidade.

Rodinello, mais conhecido como “Rudi”, foi preso no dia 4 de dezembro de 2014, durante a Operação Plumbum, da Polícia Civil de Nova Andradina, e está sob custódia numa unidade penal de Campo Grande. Aparecida era mãe de Rudi e Natália era esposa.

Ainda de acordo com o site, o acidente aconteceu por volta das 4h50 deste sábado, no KM 193 da rodovia, próximo a entrada da MS-145. Os dois veículos seguiam no mesmo sentido, distrito/Nova Alvorada, quando o bitren Volvo/FH 440, placa de Campo Grande, freou bruscamente, fazendo com que a picape Fiat/Strada, com placas de Nova Alvorada, ocupada por três passageiros, sendo as duas mulheres e o motorista, que não ficou ferido e ainda não identificado, entrou na traseira da carreta.

O condutor da carreta ficou em estado de choque e foi levado para um restaurante por uns colegas de profissão para ser amparado.

Jornal Midiamax