Polícia

Visitante registra túmulos quebrados e ossadas expostas em cemitério

Prefeitura afirma que responsabilidade é dos familiares

Renata Portela Publicado em 15/10/2015, às 15h22

None
miranda_cemiterio2.jpg

Prefeitura afirma que responsabilidade é dos familiares

Uma moradora de Miranda, cidade a 210 quilômetros de Campo Grande, registrou em fotos a depredação de túmulos do cemitério do município. No perfil do Facebook, Candinha Thiry divulgou as imagens de ossadas expostas, caixões violados e túmulos quebrados.

De acordo com Candinha, além das estruturas depredadas, ela notou o mau cheiro no local. “Assim que entrei no cemitério, já pude observar alguns caixões abertos, jogados em cima de túmulos também violados. Restos de ossos, crânios, caixões com corpos no lixo e muito mau cheiro e uma água escorrendo por entre os túmulos o que, na minha opinião de leiga, pode contaminar o lençol freático”, contou.

O cemitério de Miranda fica localizado na região central da cidade, próximo a conjuntos habitacionais, supermercados e comércio. “Nem mesmo os espaços considerados sagrados tem escapado da ação dos criminosos. Imagens sacras são frequentemente furtadas de igrejas, templos e monumentos religiosos. Nem mesmo os cemitérios são respeitados. O que estamos assistindo em relação ao cemitério de Miranda é um ato de vandalismo, e acima de tudo é um ato criminoso. Estamos indignados”, declarou Candinha.

Conforme informações da assessoria da prefeitura do município, há muitos túmulos antigos no cemitério e a manutenção, que é de responsabilidade dos familiares, raramente acontece. A prefeitura ainda informou que um zelador cuida devidamente da manutenção e limpeza do terreno.

Ainda em declaração, a prefeitura afirma que o lixo acumulado no interior do cemitério é feito pelos próprios responsáveis pelos túmulos e ocorre quando os familiares vão reformar ou realizar novos sepultamentos, pois juntam os destroços e jogam no local. Conforme a assessoria, o município ainda não possui uma legislação específica que trate da questão do cemitério.

Crime

O Código Penal inclui entre os crimes contra o respeito aos mortos, o delito de violação de sepultura. Conforme o artigo 210, a pena aplicável ao autor do crime é a de reclusão de um a três anos, além de multa.

Jornal Midiamax