Polícia

Vídeo: polícia usa forno de frigorífico para incinerar 37 toneladas de drogas

Foram incinerados 36.7 toneladas de maconha e 47.675 quilos de cocaína

Wendy Tonhati Publicado em 23/06/2015, às 12h56

None
img-20150623-wa0017.jpg

Foram incinerados 36.7 toneladas de maconha e 47.675 quilos de cocaína

A Polícia Civil incinerou quase 37 toneladas de drogas nesta terça-feira (23), em um frigorífico de Campo Grande. De acordo com o delegado-geral Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, as apreensões cresceram 64% neste ano. Foram incinerados 36.7 toneladas de maconha e 47.675 quilos de cocaína.

Ainda conforme Roberval, o aumento da apreensão de drogas e um resultado da integração das polícias do Estado. O delegado ainda destacou que a PRMv (Policia Militar Rodoviária e a campeã de apreensões, pois atua na rota de fronteira.

Para o delegado, a nova gestão estadual está investindo não só na polícia, como também no servidor, o que contribui para o resultado positivo em retirar as drogas de circulação.

Segundo o delegado Rodrigo Guiraldelli Yassaka da Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico), o Estado é um dos campeões em apreensão de drogas. Ele explicou que a drogas foram apreendidas nos últimos dois meses e para realizar a incineração é necessária ordem judicial. 

Os entorpecentes incinerados foram apreendidos na região de Dourados, Maracaju, Rio Brilhante, Nova Alvorada do Sul e Água Clara. 


Clique aqui para assistir ao vídeo

Jornal Midiamax