Polícia

Vídeo: botijão em chamas é retirado de churrascaria para evitar explosão

Cerca de 30 bombeiros trabalharam para conter as chamas

Midiamax Publicado em 10/08/2015, às 16h22

None
_mg_8846_pequena.jpg

Cerca de 30 bombeiros trabalharam para conter as chamas

Um vídeo mostra militares do Corpo de Bombeiros apagando o fogo de um botijão em chamas, que estava dentro de uma churrascaria destruída durante um incêndio na manhã desta segunda-feira (10), por volta das 11h45, entre as ruas Maracaju e Pedro Celestino. De acordo com o capitão do Corpo de Bombeiros Valmir dos Santos, o botijão teve de ser retirado para evitar uma possível explosão.

“Tivemos de retirar o botijão para que não explodisse. O fogo foi controlado. Nessas situações é importante se certificar de que o fogo foi controlado e que não atingiu a fiação elétrica porque muitas vezes parece que foi controlado enquanto na verdade as chamas se alastraram”, explica.

Cerca de 30 bombeiros trabalharam para controlar as chamas e foram necessários 30 mil litros de água para conter o incêndio. A churrascaria que funcionava há 15 anos ficou destruída. O Capitão do Corpo de Bombeiros informou que o alvará estava em dia.

Início do incêndio –

Segundo informações de testemunhas, o fogo teria começado por volta das 11h45. O proprietário do local, Dejair Carvalho, disse que no primeiro momento o fogo teria começado na churrasqueira e foi apagado pelos funcionários, que utilizaram extintores do local.

Com as chamas controladas, o atendimento voltou a ser realizado normalmente, porém, pouco depois, os funcionários começaram a ouvir alguns barulhos e ao verificar do que se tratava, constataram que o teto estava em chamas.

A churrascaria foi evacuada e o Corpo de Bombeiros foi acionado para apagar o incêndio. Conforme as informações, os clientes e funcionários inalaram muita fumaça, no entanto, ninguém ficou ferido e não houve necessidade de atendimento médico.

O proprietário relata que estava em processo de troca da seguradora. Até o momento não foi possível estimar o valor do prejuízo.

Jornal Midiamax