Polícia

Vandalismo: rádio de Pedro Juan Caballero tem torre derrubada durante a madrugada

A emissora é considerada a mais polêmica da cidade

Kemila Pellin Publicado em 09/08/2015, às 18h20

None
55c79845ada26579867aabae55361ff00dd8d3e2052e0_img-20150809-wa0030.jpg

A emissora é considerada a mais polêmica da cidade

A Rádio Amambay 570 AM de Pedro Juan Caballero (Py) foi vitima de vandalismo na madrugada deste domingo (9). Conforme informações do site Ponta Porã Informa, um grupo de pessoas, ainda não identificadas, invadiu o terreno onde funciona o sistema de transmissor da emissora e sua torre de transmissão, cortando os cabos de sustentação e derrubando a torre de 130 metros de altura.

A chácara onde a torre estava instalada fica a 10 quilômetros de Pedro Juan. No local a polícia do Paraguai encontrou um alicate de corte, utilizado normalmente, para cortar arames grossos e até cabos de aço.

A emissora, que pertence a família do prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo e seu irmão o senador da Republica do Paraguai Robert Acevedo, deve ficar fora do ar por tempo indeterminado.

A Rádio Amambay, que também tinha o sinal difundido pela torre, já estava fora do ar desde o dia 11 de julho, quando um forte temporal derrubou a torre, desde então os funcionários foram colocados em férias coletivas e estava previsto o retorno aos trabalhos nesta segunda-feira (10), uma vez que logo após a implantação da torre a emissora ficou um período de caráter experimental.

Jornal Midiamax