Polícia

Suspeito de incendiar dois caminhões e uma carreta em MS é preso

Os incêndios aconteceram no domingo (9)

Midiamax Publicado em 10/08/2015, às 21h54

None
caminhao_em_chamas2.jpg

Os incêndios aconteceram no domingo (9)

Marco Antônio da Silva, de 44 anos, foi preso na manhã desta segunda-feira (10) como o principal suspeito de incendiar uma carreta e dois caminhões na madrugada de domingo (9) em Chapadão do Sul, a 325 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com o site Chapadense News a Polícia Civil da cidade chegou ao nome do homem depois que recebeu denúncias. Com as investigações, foi comprovado que o suspeito estava envolvido no caso e nesta manhã a Polícia Militar conseguiu localizar e prender Silva.

Ainda conforme o site, testemunhas contaram ao delegado Danilo Mansur, titular da Delegacia de Polícia Civil do município, que no dia do crime Marco saiu de casa por volta da 1 hora. O primeiro incêndio aconteceu horas depois, às 4 horas, quando dois caminhões Mercedes-Benz foram completamente destruído pelas chamas. A Mercedes-Benz, branca, placas GMO-5384, de Chapadão do Sul (MS) e a Mercedes-Benz, amarela, placas MAT-0107, também de Chapadão do Sul (MS), estavam estacionadas em frente da casa de um caminhoneiro de 39 anos.

O segundo incêndio ocorreu às 4h30. Desta vez uma carreta azul, placas NRZ-2685 de Chapadão do Sul (MS), foi completamente consumida pelas chamas. Ela também estava estacionada.

A polícia diz acreditar que entre os dois crimes Marco teve ajuda de um motociclista para ir de um local a outro. Ainda segundo testemunhas, o homem só chegou à casa por volta das 5 horas com um forte cheiro de gasolina nas roupas.

Silva ainda é suspeito de ter participado do ataque a duas carretas em fevereiro deste ano. Outras informações não foram repassadas para não atrapalhar as investigações.

Jornal Midiamax