Polícia

PRF usa helicóptero em buscas e prende dupla suspeita de matar caseiro

Dois seguem foragidos

Renata Portela Publicado em 14/10/2015, às 15h49

None
douradosnews.jpg

Dois seguem foragidos

Na manhã desta quarta-feira (14), dois foram presos pela morte do caseiro Josias Leiva, de 34 anos, em Dourados, cidade a 225 quilômetros de Campo Grande. Os suspeitos atiraram contra a vítima durante assalto e roubaram a caminhonete Ford F1000, fugindo em seguida. Dois envolvidos foram presos após buscas feitas pela PM (Polícia Militar) e PRF (Polícia Rodoviária Federal).

Duas pessoas que teriam envolvimento com o crime de roubo, se da violência resulta em morte, foram presas pela PRF na BR-163, nas proximidades de Caarapó. A princípio, a informação é de que outros dois envolvidos ainda são procurados pela polícia. A PRF solicitou apoio de um helicóptero, que sobrevoa a área onde ocorreu a ação.

Durante a fuga dos bandidos, um policial fez abordagem ao veículo roubado e houve troca de tiros. O policial chegou a ser ferido, mas não há informações sobre o estado de saúde. Durante as buscas, um Astra e uma caminhonete S10 foram apreendidos e a F1000 roubada de Josias foi encontrada, abandonada em um matagal.

Os envolvidos devem ser encaminhados para a Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira). Já o crime de roubo foi registrado na 1ª Delegacia de Polícia Civil de Dourados.

O caso

Na madrugada desta quarta-feira, por volta das 4 horas, Josias foi vítima de roubo seguido de morte. Ele era morador de Dourados e trabalhava como caseiro na região do Clube do Laço do município.

Durante a madrugada, Josias ouviu dois homens baterem na porta da casa, pedindo água. Dentro da residência estavam a vítima, a mulher de 25 anos, os filhos de 11 e 12 anos, um sobrinho de 4 anos e a sogra de 55 anos. Ao abrir a porta para indicar onde ficava a mangueira, para os suspeitos tomarem água, Josias foi atingido por dois tiros.

A vítima ainda tentou trancar a porta, mas os assaltantes invadiram a casa e roubaram uma caminhonete F1000 cinza, pacas CIY-8187 de Ponta Porã (MS). O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado pelos familiares, mas Josias não resistiu e morreu no local.

Segundo a polícia, minutos antes, em uma fazenda próxima, o caseiro José Ricardo da Silva, de 31 anos, foi atingido por disparos de arma de fogo. Ele também foi vítima de tentativa de assalto e foi levado ao Hospital da Vida pelo Corpo de Bombeiros, em estado grave.

*Com informações do site Dourados News

Jornal Midiamax