Polícia

Preso por furto, homem diz que estava em encontro amoroso em terreno baldio

Na delegacia, ele acabou confessando o crime

Midiamax Publicado em 07/11/2015, às 12h21

None
depac_centro_-_cleber_gellio_3.jpg

Na delegacia, ele acabou confessando o crime

Célio Almir Valiente, de 29 anos, foi preso em flagrante ao furtar residência e ser flagrado em matagal por volta das 3 horas deste sábado (7), no Bairro Coophasul, região norte de Campo Grande. Ao ser abordado, no entanto, negou o crime e disse que estava em um encontro amoroso no terreno baldio onde foi localizado.

Conforme registro policial, a Polícia Militar foi acionada por populares que viram quando um homem com roupas brancas saiu de uma residência com uma televisão nas mãos. Em rondas pelo bairro, os policiais verificaram que o portão de elevação de uma casa estava danificado.

A janela da cozinha foi arrombada e vários objetos, entre eles a TV, foram furtados. Uma quadra distante do imóvel os militares flagraram o suspeito saindo de um matagal, com um objeto escuro nas mãos. Ao avistar a PM, ele correu e entrou no mato.

Célio foi localizado deitado no chão ao lado da televisão de 39 polegadas. A princípio, ele disse que estava fazendo sexo com um homossexual – o suposto parceiro não foi encontrado.

O homem foi conduzido para a delegacia, onde acabou confessando o crime. Também contou que havia deixado os outros objetos furtados em uma sacola na calçada da Rua São Mateus.

A vítima disse à polícia que, além de furtar os objetos, também consumiu bebidas alcoólicas na casa. Célio foi autuado em flagrante por furto qualificado com destruição ou rompimento de obstáculo na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Jornal Midiamax