Polícia

“Por farra” trio incendeia carro que estava fora da garagem

Proprietário, além de músico, utilizava o veículo para fazer fretes durante o dia

Arlindo Florentino Publicado em 18/05/2015, às 11h23

None
img-20150518-wa0015.jpg

Proprietário, além de músico, utilizava o veículo para fazer fretes durante o dia

O músico Everton Targino de Jesus, de 30 anos, que trabalha como vocalista de um grupo musical em bares da cidade, teve uma surpresa desagradável na madrugada desta segunda-feira. Ele foi acordado por policiais militares que informaram que o carro dele, que estava estacionado em frente da residência havia sido incendiado.

Os policiais foram acionados por populares que suspeitaram que uma conveniência na Rua Zulmira Borba estava sendo assaltada. No entanto quando os PMs chegaram, se depararam com a Belina placas CLK-1047 de Três Lagoas, pegando fogo. O Corpo de Bombeiros foi acionado mas quando chegou o veículo já estava com a cabine completamente destruída pelas chamas.

Os populares afirmaram que pouco antes das chamas viram três rapazes em cima do carro e com a descrição foram feitas rondas. Nas proximidades foram detidos dois adolescentes de 16 anos e Humberto Gomes dos Santos, de 21 anos, que confessaram a autoria do vandalismo.

Quando questionados os motivos que os levaram a praticar o ato, afirmaram que tentaram colocar fogo diretamente no tanque de combustível, mas o carro estava sem gasolina e então decidiram colocar fogo no forro do banco, com as chamas consumindo toda a cabine. “foi para fazer farra, por algazarra”, afirmou o trio sem demonstrar arrependimento.

O proprietário do carro afirmou que normalmente deixa o carro na garagem, mas um familiar chegou primeiro e ocupou o espaço, com a alternativa sendo estacionar na rua. Além de músico, Everton ocupava a Belina para fazer fretes durante o dia.

Jornal Midiamax