Polícia

Por causa de guarda-chuva, mulher apanha de ex-companheiro

Autor das agressões é detido por populares

Thatiana Melo Publicado em 13/10/2015, às 14h11

None
depac_piratininga-policia_civil-gw_2.jpg

Autor das agressões é detido por populares

Por causa de um guarda-chuva deixado na casa de uma mulher, de 38 anos, por seu ex-companheiro, de 43 anos, a vítima que estaria no bar da Lala, na noite desta segunda-feira (12) foi agredida com socos e puxões de cabelo, na cidade de Juti, distante 306 quilômetros da Capital.

A vítima relatou aos policiais que o autor passou a incomodá-la no bar, por causa do guarda-chuva, e quando resolver dançar foi agredida com puxões de cabelo, pelo ex-companheiro que se encontrava em visível estado de embriagues.

Ainda de acordo com a vítima, o autor a teria ameaçado de morte afirmando que iria matá-la. A mulher fugiu do local depois que pessoas que estavam no bar contiveram o autor das agressões.

Jornal Midiamax