Polícia

Ponto de venda de drogas é desarticulado e traficante e duas mulheres são presos

O traficante pagava o aluguel e as contas da casa para guardar a droga

Midiamax Publicado em 18/06/2015, às 10h14

None
depac_piratininga_-_cleber_gellio_8.jpg

O traficante pagava o aluguel e as contas da casa para guardar a droga

Ponto de vendas de drogas foi fechado e trio foi preso no Bairro São Jorge da Lagoa, em campo Grande. O flagrante foi na noite desta quarta-feira (17), por volta das 23h20.

Conforme o registro policial, a PM (Polícia Militar) recebeu denúncia anônima de que na Rua Serra Madri funcionava um ponto de comercialização de drogas. Uma equipe fez o monitoramento do local e avistou a caminhonete Ford Ranger, azul, placas CEV-9593, de Cuiabá (MT), usada para entregar o entorpecente.

A caminhonete entrou e cinco minutos depois saiu novamente da casa. Em um cruzamento do bairro o veículo com três ocupantes, um homem e duas mulheres, foi abordado. O condutor apresentou uma CNH (Carteira Nacional de Habilitação) falsa em nome de outra pessoa.

Ao ver que os policiais desconfiaram do documento, Elwis Arantes Tobal, de 36 anos, revelou seu nome verdadeiro. Ficou constatado no sistema policial que ele estava foragido da Justiça.  Em vistoria na caminhonete foi encontrado um tablete de maconha embaixo do banco do motorista.

Elwis contou também aos militares que na residência havia mais uns 20 quilos da droga. A PM se deslocou até a casa e localizou no banheiro de um dos quartos 27 tabletes e sete porções de maconha e 10 papelotes de cocaína.

As duas mulheres disseram que Elwis paga o aluguel da casa para poder guardar o entorpecente, bem como as demais contas, sendo a segunda carga que elas guardavam para ele.

O traficante disse que comprava a droga de um paraguaio, porém não soube informar o nome. Elwis foi preso juntamente com Luana Barreira da Silva, de 20anos, e Fernanda Alves Lacerda, de 20.

O trio foi encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga. Elwis foi autuado por tráfico de drogas e uso de documento falso e as mulheres por associação criminosa.

Jornal Midiamax