Polícia

Polícia Militar identifica jovem morto no Guanandi com dois tiros na cabeça

Polícia realiza rondas pela região a fim de identificar o autor

Midiamax Publicado em 01/11/2015, às 20h53

None
img-20151101-wa0081.jpg

Polícia realiza rondas pela região a fim de identificar o autor

A Polícia Militar identificou o jovem assassinado no fim da tarde deste domingo (1º), por volta das 17 horas, na Rua Juruá, próximo a Barra Mansa, no Bairro Guanandi em Campo Grande. Lucas Lima Alves, de 21 anos, morreu depois de ser atingido com dois tiros na cabeça.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada, no entanto, a vítima já estava morta. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) esteve no local e constatou o óbito.

O autor do crime ainda não foi identificado e a Polícia Militar realiza rondas pela região a fim de localizar o suspeito. A Polícia Civil e a Perícia Técnica também foram acionadas.

Familiares relataram que a vítima já cumpriu pena por tráfico de drogas no Petran (Presídio de Trânsito) e estava em liberdade há seis meses.

Uma tia e uma prima de Alves, que preferiram não se identificar, estavam próximas do local e ouviram os disparos. "Estávamos tomando um tereré quando ouvimos uns cinco tiros. Na mesma hora a minha sobrinha sabia que a vítima era ele", relata a tia. 

Populares disseram que  há uma semana, no dia 22, um amigo da vítima sofreu uma tentativa de homicídio. Na última quinta-feira (26), um homem também morreu depois de ser baleado no mesmo cruzamento onde ocorreu o crime deste domingo.

Ainda não é possível informar se a tentativa de homicídio e o assassinato ocorridos na semana passada, estão relacionados com a morte do jovem. O homicídio ocorreu na frente de uma residência e o local está sendo averiguado pela Polícia. 

Jornal Midiamax