Polícia

PMA autua suspeito em R$ 7 mil por extração de madeira e uso de motosserra ilegal

Flagrante ocorreu em Corumbá

Midiamax Publicado em 25/06/2015, às 21h31

None
002.jpg

Flagrante ocorreu em Corumbá

Equipes da PMA (Polícia Militar Ambiental) de Corumbá, a 334 quilômetros a leste de Campo Grande, flagraram no fim da tarde desta quinta-feira (24), um homem por crime ambiental. O fato ocorreu durante uma fiscalização de prevenção na BR-262, no Bairro Guató, naquele município. Ele foi autuado em R$ 7 mil.

Ele foi autuado pelo uso de um motosserra ilegal e extração irregular de madeira. De acordo com a PMA, o infrator derrubava árvores e explorava a madeira ilegalmente, com uso de um motosserra também ilegal. Houve a derrubada de pelo menos 20 postes de madeira e as atividades foram paralisadas.

Além de não possuir autorização para a exploração da madeira, o motosserra não possuía LPU (Documento de Porte e Uso), que é a licença ambiental para transporte e utilização deste tipo de motosserra. O caso foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil daquela cidade.

Jornal Midiamax