Polícia

PMA autua fazendeiro por destruição de matas ciliares de córrego em Bonito

Foram desmatados mais de 10 hectares de área protegida

Midiamax Publicado em 22/06/2015, às 21h15

None
unnamed.jpg

Foram desmatados mais de 10 hectares de área protegida

A PMA (Polícia Militar Ambiental) autuou fazendeiro em R$ 50,1 mil por destruir matas ciliares de córrego em Bonito. Militares do município realizavam fiscalização na tarde deste domingo (21) quando localizaram o desmatamento de área de preservação permanente da margem de um córrego em uma fazenda.

Na propriedade, o pecuarista realizava um desmatamento autorizado pelo órgão ambiental, porém, desmatou uma extensão de 2 km das matas ciliares de um curso d’água, totalizando 10,2 hectares, que é área protegida e não poderia ser desmatada.

Os policiais interditaram as atividades. Pela infração administrativa, o infrator foi multado em R$ 50.100. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de um a três anos de detenção.

O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental Estadual um plano de recuperação da área degradada – PRADE.

Jornal Midiamax