Polícia

PMA autua fazendeiro em R$ 16 mil por provocar incêndio em 16 hectares

O infrator responderá por crime ambiental 

Diego Alves Publicado em 02/10/2015, às 21h43

None
policia_-_generica.jpg

O infrator responderá por crime ambiental 

Policiais Militares Ambientais de Dourados, 228 quilômetros de Campo Grande, realizavam fiscalização na tarde desta quinta-feira (2), nas propriedades rurais do município de Nova Alvorada do Sul, onde autuaram o proprietário de uma fazenda por criminoso. O incêndio atingiu 16 hectares em vegetação de uma limpeza de área, junto com galhadas de árvores derrubadas.

O infrator possuía autorização ambiental eletrônica (AA-E), do Imasul, para derrubada de árvores esparsas, porém, não permitia uso de fogo. Os policiais efetuaram um auto de infração administrativo e multaram o proprietário rural, de 60 anos, residente no local, em R$ 16 mil pelo incêndio ilegal. O infrator responderá por crime ambiental de poluição e poderá pegar pena de até quatro anos de reclusão.

Jornal Midiamax