Polícia

PM desmente mensagem de WhatsApp sobre ‘toque do terror’ na Capital

Mensagem falava de ataques do PCC

Wendy Tonhati Publicado em 24/04/2015, às 20h07

None
unnamed.jpg

Mensagem falava de ataques do PCC

Uma mensagem sobre um suposto ‘toque de terror’ promovido por bandidos, circulou em grupos de WhatsApp de Campo Grande, nesta sexta-feira (24). Vários leitores do Jornal Midiamax encaminharam a mensagem para o jornal assustados com a possibilidade. A Polícia Militar desmentiu o aviso e disse que não há informações sobre possíveis ataques.

“Está previsto para hoje à noite um toque de terror em Campo Grande. Bairros Anache, Nova Lima, Los Angeles, Noroeste, Centro, Pedrossian. Mataram agora pela manhã o irmão de um integrante do PCC. O próprio meliante avisou para polícia que vai matar policiais, estudantes, tocar fogo em carros, hoje à noite!!!!  Portanto compartilhem e não saiam de casa”, diz a mensagem.

A Polícia Militar afirmou que as informações sobre a morte de irmão de integrante de facção criminosa não procedem. A corporação explicou que a mensagem pode ser uma ‘pegadinha’. Ainda foi destacado, que pela quantidade de bairros e pela distância e entre eles seria necessário centenas de criminosos para conseguir realizar a ação.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax