Polícia

Paciente tem ‘surto psicótico’ após demora em atendimento em posto de saúde

O rapaz quebrou vidro e jogou material médico pelo chão, sendo contido pela GCM

Wendy Tonhati Publicado em 01/04/2015, às 14h18

None
img-20150331-wa0190.jpg

O rapaz quebrou vidro e jogou material médico pelo chão, sendo contido pela GCM

Um rapaz de 22 anos, que teve o nome preservado, acabou tendo um surto psicótico com a demora no atendimento da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Nova Bahia, região norte de Campo Grande, na noite de terça-feira (31 de março). O caso chegou a ser registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, por conta do dano causado pelo local.

De acordo com informações contidas no boletim de ocorrência, o homem que tem distúrbio foi levado pela mãe até a unidade de saúde para o atendimento. Mãe e filho ficaram por horas na unidade e a demora começou a incomodar o rapaz.

Quando eles enfim foram chamados para a sala médica, era o horário do plantão, por conta disso, eles ficaram por mais algum tempo por lá, sem ao menos saber em que momento o médico iria comparecer. Aflita com todo o processo, a mãe resolveu levar o filho embora.

Eles saíram da unidade, porém ao chegarem à calçada, o rapaz que já estava ansioso e não foi atendimento, resolveu voltar correndo para dentro da UPA. Ele começou a quebrar tudo e teve que ser segurado pelos GCM (Guarda Civil Municipal), que estavam de plantão na unidade.

Os servidores ainda chamaram reforços, pois o rapaz estava incontrolável, ocasião em que a mãe dele avisou que, o filho sofre de distúrbios e constantemente apresenta o quadro de surto psicótico. O caso foi registrado como dano qualificado e vias de fato.

Jornal Midiamax