Polícia

Mulher que se jogou de pontilhão e foi atropelada morre no hospital

Ela permaneceu na área vermelha, mas não resistiu

Renata Portela Publicado em 12/08/2015, às 16h04

None
img-20150812-wa0026.jpg

Ela permaneceu na área vermelha, mas não resistiu

A mulher de 34 anos, e não 30, como noticiado anteriormente, que se jogou do pontilhão da Avenida Afonso Pena com a Avenida Ceará na manhã desta quarta-feira (12), morreu na Santa Casa. Ela deu entrada por volta das 8h30 e permaneceu na área vermelha, destinada a pacientes em estado grave.

De acordo com a assessoria da Santa Casa, a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu. Depois de se jogar do pontilhão, ela ainda foi atropelada ao cair na Avenida Ceará e teve politraumatismo.

O caso

De acordo com populares, a mulher andava de um lado para o outro no pontilhão e em questão de minutos pulou, caindo na Avenida Ceará. Ela ainda foi atropelada por um Polo, prata, placas HTD-2439, de Campo Grande (MS). A motorista ficou abalada com a situação e afirma que não teve tempo de frear.

O policial rodoviário federal aposentado, Anderson Sidrack, passava pela avenida no momento do acidente e prestou os primeiros socorros até a chegada dos bombeiros.

Jornal Midiamax