Polícia

Mulher espancada pelo pai com barra de ferro está na ortopedia da Santa Casa

Vítima está consciente e não corre riscos, segundo a Santa Casa

Wendy Tonhati Publicado em 19/05/2015, às 18h01

None
deam-fachada-gw_1.jpg

Vítima está consciente e não corre riscos, segundo a Santa Casa

A mulher de 37 anos, que foi espancada pelo próprio pai, e teve os dois braços fraturados e afundamento do crânio está passado por avaliação no setor de ortopedia da Santa Casa de Campo Grande.

De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, ela está consciente e passou por uma sutura na cabeça, na parte da manhã desta terça-feira (19).

O caso está sendo investigado pela Deam (Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher). Segundo a delegada Rosely Molina, os policiais chegaram a ir à casa do suspeito, identificado como Diniz Arantes de Almeida, assim que tomaram conhecimento da ocorrência, mas ele havia fugido do local.

Caso

Funcionários da Unidade de Saúde do Jardim Aero Rancho acionaram a Polícia Militar dizendo que por volta das 20 horas havia dado entrada uma mulher com graves ferimentos.

A vítima afirmou que o pai era responsável pelas agressões. Segundo ela, tudo começou quando a casa onde os dois moram, no Bairro Aero Rancho. Eles começaram a discutir e o pai a teria ofendido com palavrões e partido para as agressões com uma barra de ferro.

Jornal Midiamax