Polícia

Menina denuncia ter sido abusada pelo padrasto durante 3 anos

Jovem já havia contado para a mãe

Midiamax Publicado em 28/04/2015, às 13h26

None
padrasto_interna.jpg

Jovem já havia contado para a mãe

Um homem de 32 anos foi preso pela Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) na manhã desta terça-feira (28), após o juiz expedir mandado de prisão preventiva. O suspeito, que não teve o nome divulgado, teria abusado da enteada por três anos e estava ameaçando a jovem, depois de ser denunciado pelo pai dela.

A garota, que na época tinha 11 anos, contou para a mãe que era abusada pelo padrasto. A mulher não deu importância e continuou com o casamento. Aos 14 anos, a filha foi morar com o o pai, que conseguiu a guarda. Assim que teve a confiança da adolescente, o pai ficou sabendo dos abusos.

Indignado, ele procurou a polícia para fazer a denúncia contra o padrasto. A investigação começou a ser feita há algumas semanas. O suspeito foi informado sobre o inquérito policial e começou a procurar pela garota.

De acordo com a vítima, ele a ameaçava e pedia para que ela voltasse a morar com ele e a mãe dela, ‘a três’. O caso chegou ao conhecimento da Depca, e o suspeito teve a prisão pedida pelo delegado.

O suspeito foi encontrado na própria residência no Jardim Talismã, região norte de Campo Grande, onde mora com a mãe da adolescente. A adolescente passou por exames de corpo de delito para saber se houve a conjunção carnal.

Jornal Midiamax