Polícia

Marido que matou a mulher para não dividir bens é condenado a 14 anos de prisão

Crime aconteceu no ano de 2006, em Campo Grande

Wendy Tonhati Publicado em 15/04/2015, às 19h19

None
forum_de_cg-.jpg

Crime aconteceu no ano de 2006, em Campo Grande

Foi realizado nesta quarta-feira (15), na 2ª Vara do Tribunal do Júri, o julgamento de Vanderley Marcelino Marques, de 46 anos. Ele foi condenado a 14 anos de prisão por matar a mulher, Claudia Rodrigues Carvalho Marques, em 2006.

De acordo com o TJ MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), consta na denúncia, que o crime foi cometido por motivo torpe, pois Vanderley assassinou a mulher que pretendia ir morar nos Estados Unidos. Apesar de separados, os dois conviviam na mesma casa e discutiam por conta da venda do imóvel, já que a vítima queria viajar para fora do Brasil.

O MPE (Ministério Público Estadual) relatou que o réu utilizou de recurso que dificultou a defesa da vítima, pois se valeu da superioridade física e a atingindo de forma surpreendente, quando a vítima estava desarmada e desprotegida.

O Conselho de Sentença, por maioria de votos declarados, condenou o réu por homicídio qualificado pelo motivo torpe, afastando a qualificadora do recurso que dificultou a defesa da vítima.

O juiz Aluízio Pereira dos Santos, fixou em definitivo a pena- do réu em 14 anos de reclusão em regime fechado.

Jornal Midiamax