Polícia

Jovem que atirou em membro de gangue rival cumprirá 3 anos em regime aberto

Sérgio foi atingido com um tiro no pescoço e mão

Diego Alves Publicado em 14/10/2015, às 01h33

None
depac_piratininga-policia_civil-gw_2.jpg

Sérgio foi atingido com um tiro no pescoço e mão

Felipe de Souza Ferreira Lopes de 22 anos foi condenado nesta terça-feira (13), a três anos em regime aberto pela tentativa de homicídio contra Sérgio Henrique Matos Ferreira de 22 anos. O fato decorrente da rixa entre gangues dos Bairros Parque do Sol e Lageado ocorreu em janeiro de 2012.

Sérgio foi atingido com um tiro no pescoço e mão. De acordo com o advogado Marcos Ivan, seu cliente agiu para se defender. Ainda segundo o advogado, além do motivo torpe retirado da acusação, a sentença foi reduzida de seis para três anos.

O promotor de acusação chegou a citar que a maioria dos “integrantes” das gangues já morreram ou cumprem pena por algum crime.

No regime aberto, o preso cumpre a pena em casa de albergado, que é um presídio de segurança mínima, ou estabelecimento adequado.Neste caso, os presos permanecem no local apenas para dormir e aos finais de semana, e exige-se que ele trabalhe ou prove que tem condição de ir para o mercado de trabalho imediatamente após a progressão.

Jornal Midiamax