Polícia

Homem que matou policial militar no Paraná é preso 16 anos depois em MS

O suspeito foi detido pelo SIG no Bairro Cristo Redentor 

Midiamax Publicado em 27/10/2015, às 22h55

None
foto.jpg

O suspeito foi detido pelo SIG no Bairro Cristo Redentor 

Aílton de Jesus Dias, de 47 anos, foi preso na tarde desta terça-feira (27) pelo assassinato de um polícia militar em Cascavel, Paraná, no dia 11 setembro de 1999. O autor do crime estava foragido desde que foi condenado há 13 anos em regime fechado, e foi detido por equipes do SIG DPC (Setor de Investigação Gerais do Departamento de Polícia da Capital) no Bairro Cristo Redentor.

De acordo com informações policiais, Aílton foi encontrado, por volta das 18h30, na casa onde morava no bairro. O acusado estava morando em Mato Grosso do Sul desde o dia seguinte ao crime, quando matou o policial Antônio Carlos Nunes a pedradas depois de sair de um bar. Segundo reportagens da época, o corpo da vítima foi encontrado em um córrego da cidade.

Em 2009, Dias chegou a ser preso em Águas Claras, por outro crime de homicídio, foi transferido para o Paraná, mas lá conseguiu ser liberado. Segundo o SIG, depois de solto, Aílton voltou para o Estado. Em julho deste ano foi condenado pela morte de Antônio e acabou preso novamente nesta terça-feira.

Agora, o preso permanecerá em Campo Grande a disposição da justiça, que decidirá se Aílton voltará para o Paraná, ou permanecerá detido em Mato Grosso do Sul. 

Jornal Midiamax