Polícia

Homem executado com três tiros no Guanandi é identificado por irmã

Peritos encontraram quatro projéteis de pistola calibre .40 no local do crime

Wendy Tonhati Publicado em 20/02/2015, às 18h21

None

Peritos encontraram quatro projéteis de pistola calibre .40 no local do crime

O homem morto com três tiros no começo da tarde desta sexta-feira (20), no Bairro Guanandi, em Campo Grande, foi identificado como Ambrósio Marques. O reconhecimento foi feito por uma irmã da vítima.

Segundo a mulher, o irmão tem cerca de 25 anos e morava com o pai, que também morreu recentemente. Ela ainda disse não ter muito contato com Marques. O rapaz foi atingido por um tiro em cada braço e um na nuca. O homem morreu no local e os peritos encontraram quatro projéteis de pistola calibre .40 no local do crime.

O delegado responsável deixou o local do crime com um homem que conheceria o suspeito. Testemunhas disseram que o autor dos tiros seria um adolescente. 

Homicídio

Marques e o amigo, identificado como Marcel Rodrigo de Tavares Simões, de 33 anos, estavam em uma Kombi, placas HSE-5506, de Campo Grande. O veículo estaria em movimento quando o suspeito atirou contra o passageiro.

Simões contou à Polícia Militar que entrega sabão em uma fábrica. Ele afirmou que deu carona para o amigo, conhecido como “Bulhu”, para que ele fizesse “um negócio de uma moto”.

O motorista disse que parou na esquina da Rua Jussara e a vítima desceu. “Bulhu” teria discutido com um idoso e voltou para o veículo. Quando Simões deu partida, um rapaz disparou vários tiros contra a Kombi. Ele não conseguiu identificar quem fez os disparos.

O condutor foi socorrido pelos bombeiros com ferimentos na barriga. Ele foi atingido de raspão pelos tiros. O homem que morreu morava no bairro onde aconteceu o crime.

Jornal Midiamax