Polícia

Golpista pede mais de 200 marmitex, e comerciante cai no ‘golpe do troco’

O golpista pediu 220 marmitex

Diego Alves Publicado em 27/06/2015, às 02h21

None
policia_ilustrativa-gw.jpg

O golpista pediu 220 marmitex

Um comerciante caiu no “golpe do troco” em Campo Grande, na manhã desta sexta-feira (26). A vítima disse na delegacia que é proprietário de um restaurante localizado no Bairro São Franscico, e recebeu a ligação de um estelionatário que se passou por representante de uma empresa de construção.

O golpista pediu 220 marmitex, para um período de 10 dias. A vítima informou que o valor dos marmitex seria de R$ 1.540 mil. Na conta do comerciante constou o valor de R$ 2.050 que foram depositados, mas estava bloqueado.

O autor pediu que o dono do restaurante depositasse o “troco” de R$ 510, operação que foi realizada. Posteriormente, o comerciante percebeu que havia caído em um golpe. O caso foi registrado como furto na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), Centro.

Jornal Midiamax