Polícia

Foragido é preso depois de tentar subornar guardas municipais com R$ 320

Ele tem passagens pela polícia desde 1985

Renata Portela Publicado em 13/08/2015, às 10h40

None
biz.jpg

Ele tem passagens pela polícia desde 1985

Weverton Artur Camargos, de 47 anos, foi preso em flagrante na noite de quarta-feira (12), nas proximidades do Terminal Morenão, localizado na Avenida Costa e Silva. Ele conduzia uma moto roubada quando foi abordado por agentes da GCM (Guarda Civil Municipal).

Os guardas notaram o momento em que Weverton tentou manobrar e desviar o caminho ao ver a viatura da GCM, mas ele foi abordado. O homem estava em uma Biz, vermelha, placa HSN-4093, de Campo Grande (MS). Em verificação, os guardas constataram que o veículo era produto de furto e questionaram o motociclista.

De acordo com o registro feito pela Polícia Civil, Weverton mentiu o nome, a princípio, mas foi identificado. Ele revelou que comprou a moto por R$ 250 na antiga rodoviária de Campo Grande e os guardas informaram que ele seria encaminhado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga.

Em desespero, o homem pediu que não fosse levado para a Depac e ainda ofereceu R$ 320 para os guardas. Já na delegacia, foi constatado que Weverton tinha mandado de prisão em aberto e várias passagens. O delegado Reginaldo Salomão afirmou que o homem tem passagens pela polícia desde 1985 e que passa mais tempo preso do que solto. Ainda de acordo com o delegado, Weverton tem extensa ficha criminal.

Os guardas ainda contaram que o suspeito carregava tênis, pregos e um aparelho de DVD escondidos em uma fronha, possíveis produtos de furto. O caso foi registrado como corrupção ativa. 

Jornal Midiamax