Polícia

FLAGRA: guardas e policiais são ameaçados de morte por causa de cerol

Conversas foram feitas nas redes sociais

Midiamax Publicado em 06/08/2015, às 21h48

None
interna02.jpg

Conversas foram feitas nas redes sociais

Nos últimos meses a GCM (Guarda Civil Municipal) iniciou uma operação para coibir o uso de cerol e de material tão perigoso quanto, como os da linha ‘chilena’, e com isso, alguns infratores começaram a ameaçar os servidores pelas redes sociais. Conversas ocorridas pelo Facebook e WhatsApp foram denunciadas para a guarnição e Polícia Civil.

Algumas das frases, onde há explicita ameaça: “os mano da nhan nhan falo a vai passa fogo nos quarda municipal” (sic), “vamos tora o pescoço dos motinha” (sic), “só prego esse polícia solto com chilena e do risada dos guarda” (sic) e “mata polícia eh nossa meta” (sic).

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax recebeu as denúncias pelo WhatsApp e entrou em contato para saber quais serão as providências tomadas por conta das ameaças. Por nota foi informada de que esses indivíduos serão identificados e localizados por conta das atitudes inescrupulosas e responderão criminalmente por isso. Serão tomadas as medidas legais, com intimações que serão feitas pela polícia judiciária.

WhatsApp: fale com os jornalistas do Jornal Midiamax

O leitor enviou as imagens ao WhatsApp da redação, no número (67) 9207-4330. O canal de comunicação serve para os leitores falarem diretamente com os jornalistas do Jornal Midiamax. Flagrantes inusitados, denúncias, reclamações e sugestões podem ser enviados com total anonimato garantido pela lei.

Jornal Midiamax