Polícia

Equipamento pode ter provocado incêndio em fábrica na Brilhante

Perícia deve apontar causas do incêndio

Thatiana Melo Publicado em 08/08/2015, às 18h23

None
img-20150808-wa0087_pequena.jpg

Perícia deve apontar causas do incêndio

Um aparelho que fabrica espumas pode ter sido o causador do incêndio em uma fábrica de colchões, localizada na Rua Brilhante, região sudoeste, de Campo Grande, que ocorreu no início da tarde deste sábado (8). De acordo com informações, do tenente do Corpo de Bombeiros, Vinícius Barbosa Gonçalves, as chamas começaram na fábrica e alastraram-se para a loja do show room, na Avenida Bandeirantes.

Ainda segundo informações o incêndio na fábrica Colchões Paris teria ocorrido pelo autoaquecimento do equipamento que fabrica as espumas. Funcionários da loja informaram aos bombeiros que no show room Madri Colchões Outlet, localizado nos fundos da fábrica, havia muito material inflamável.

O proprietário da loja, que mora em Mundo Novo, distante 473 quilômetros da Capital, já teria sido avisado do incêndio e já estaria a caminho de Campo Grande. Segundo informações dos bombeiros 15 mil litros de água foram utilizados para conter as chamas. A perícia ainda deve verificar com exatidão as causas do incêndio.

O Corpo de Bombeiros teve de colocar o equipamento em uma caixa da água da loja para resfriar. O incêndio foi totalmente controlado pelos militares.

Jornal Midiamax