Polícia

Encapuzado chama morador no portão para dar ‘presente’ e tenta matá-lo a tiros

Ele conseguiu impedir o criminoso

Renata Portela Publicado em 23/11/2015, às 13h02

None
depac_piratininga-gw_1.jpg

Ele conseguiu impedir o criminoso

Na noite de domingo (22), um rapaz de 26 anos sofreu tentativa de homicídio em casa, na Rua Presidente Artur Bernardes, na Vila Almeida, região noroeste de Campo Grande. O autor do crime chamou a vítima pelo nome no portão da residência e ainda questionou o rapaz sobre a ex-namorada dele.

De acordo com o boletim de ocorrência, registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga, o rapaz relatou que estava no quarto da casa e que a diarista fazia faxina na residência. Por volta das 19h30, a vítima ouviu alguém a chamar pelo nome no portão e foi verificar quem era.

Ainda segundo o registro policial, ao abrir o portão, o rapaz foi surpreendido por um homem, que usava uma touca ninja. O suspeito questionou se o morador era ex-namorado de Ingrid, e ele confirmou. Segundo a vítima, o encapuzado disse então que tinha um presente para ele, momento em que sacou uma pistola da cintura e apontou para o rapaz.

A vítima revelou para a polícia que teve a reação de avançar sobre o suspeito, sem pensar, e conseguiu segurar o braço dele. O homem disparou duas vezes, mas não atingiu a vítima, e arma travou, momento em que o morador conseguiu empurrar o suspeito para fora da casa e fechar o portão. Consta no boletim policial que o bandido ainda ficou algum tempo do lado de fora, tentando destravar a arma, mas acabou indo embora.

A Polícia Militar foi acionada e testemunhas informaram que havia outro rapaz em uma motocicleta, aguardando o suspeito. Os policiais tentaram localizar os bandidos, mas eles não foram encontrados. A diarista presenciou os fatos e confirmou a versão da vítima aos policiais. O rapaz de 26 anos foi orientado a ir até a delegacia, onde comunicou sobre o crime, que é tratado como homicídio simples na forma tentada.

Segundo a polícia, a vítima informou que manteve relacionamento com a ex-namorada por 7 meses e tem um filho com ela, mas há 5 meses estão separados. O rapaz ainda revelou que a jovem já possui outro namorado que o ameaça constantemente.

Jornal Midiamax