Polícia

Embriagado, jovem é preso após dirigir a 150 km/h para fugir de delegado

Pessoas assustadas acionaram viatura

Wendy Tonhati Publicado em 12/04/2015, às 14h33

None
depac_centro-gw3.jpg

Pessoas assustadas acionaram viatura

Um jovem de 22 anos foi preso na manhã deste domingo (12), por suspeita de embriaguez ao volante. De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz dirigia um veículo, que cruzou com uma viatura da Polícia Civil. Ele ignorou a ordem de parada e fugiu, conduzindo o carro com velocidade de aproximadamente 150 km/h, por ruas de Campo Grande.

Consta no registro, que o delegado seguia com um investigador para o local de uma ocorrência. Na Avenida Afonso Pena, próximo do Shopping Campo Grande, pessoas pediram que a viatura parasse. Foi relatado aos policiais, que um veículo Hyundai I30 estava fazendo zigue-zague, quase atingindo os veículos que estavam estacionados.

Foi possível visualizar o veículo, o delegado e o investigador seguiram o I30. Ao perceber a viatura, o condutor P H. S. dos Santos, acelerou e não respeitou a ordem de parada. O carro só foi estacionar no Bairro Tiradentes. Segundo delegado, pela velocidade que a viatura teve que ser conduzida, foi possível afirmar que o condutor teria atingido aproximadamente 150 km/h.

Ainda conforme o registro, durante a fuga, o rapaz passou por vários cruzamentos em alta velocidade e não respeitando as placas de Pare.

No local da abordagem, foi constatado que o condutor apresentava sinais visíveis de embriaguez. Ele mal conseguia andar e quase caiu ao descer do veículo. O jovem se negou a fazer o teste de alcoolemia e a embriaguez foi determinada por um termo de constatação de alteração da capacidade psicomotora.

A Polícia Militar foi acionada e o rapaz encaminhado para Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro da Capital.

O caso foi registrado como conduzir veículo automotor com capacidade psicomotora alterada em razão da influência de álcool ou de outra substância psicoativa que determine dependência, desobediência e direção perigosa de veículo na via pública.

Jornal Midiamax