Polícia

Dupla em motocicleta persegue e mata marceneiro a tiros na fronteira

Ele tentou fugir por uns 200 metros antes de bater em um muro

Midiamax Publicado em 10/10/2015, às 16h55

None
unnamed_7.jpg

Ele tentou fugir por uns 200 metros antes de bater em um muro

Eduardo Américo Fernandes, 41 anos morreu alvejado com 10 tiros de pistola 9 mm na Rua Ceará, no Bairro Mooca, em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande. O fato foi neste sábado (10), por volta das 12 horas.

Segundo informações preliminares, a vítima seguia pela via em um Fiat Punto, preto, placas KVW-2600, do Rio de Janeiro (RJ), no sentido bairro/centro, quando foi alcançado por dois homens em uma moto e o garupa efetuou os disparos em direção ao motorista.

Ele ainda tentou fugir por uns 200 metros, mas acabou perdendo o controle da direção do carro e bateu no muro de uma residência. O Corpo de Bombeiros foi acionado, mas quando chegou ao local à vítima já estava morta com três tiros.

A PM (Polícia Militar) está no local fazendo o isolamento até a chegada da Perícia e da Polícia Civil. Eduardo Américo tinha passagem por tráfico de drogas.

Jornal Midiamax