Polícia

Delegado deve ouvir namorado de adolescente que ‘desapareceu’

Jovem pode ser autuado se induziu a fuga

Renata Portela Publicado em 06/08/2015, às 16h09

None
johnny_suzuki.jpg

Jovem pode ser autuado se induziu a fuga

Johnny Suzuki, de 20 anos, deve ser ouvido pela Polícia Civil de Campo Grande para prestar esclarecimentos sobre o fato de a namorada, C.P.R, de 15 anos, ter fugido de casa para ficar com ele. A família da adolescente não tinha notícias da jovem desde segunda-feira (3), quando ela foi dada por desaparecida.

Logo na terça-feira (4), a adolescente publicou na página do Facebook, que não tinha desaparecido, mas sim que fugiu para viver uma história de amor com o namorado. Ela afirma no vídeo que o namoro era proibido pelos pais dela e que saiu de casa porque não estava mais feliz morando com a família.

O delegado da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) Paulo Sérgio de Souza Lauretto afirmou que vai conversar com o rapaz para que ele preste esclarecimentos. “Vamos analisar a situação. O jovem pode responder por induzimento à fuga se comprovado que ele induziu a adolescente a fugir de casa”, afirmou Lauretto.

C.P.R. fugiu depois de ser deixada na escola Ada (Adventor Divino de Almeida) na Avenida Júlio de Castilho, na região da Vila Planalto. O pai da adolescente disse que recebeu informações de que a adolescente teria fugido com outros três jovens e o caso foi registrado pela polícia.

Jornal Midiamax