Polícia

Cooperação entre Guarda Municipal e Polícia Militar resulta em blitze relâmpagos e ações

No encontro foram debatidos também os projetos 

Diego Alves Publicado em 30/06/2015, às 00h09

None
guarda.jpg

No encontro foram debatidos também os projetos 

As blitze relâmpagos no trânsito de Campo Grande desenvolvidas pela parceria entre Guarda Civil Municipal (GCM) e a Polícia Militar têm apresentado resultado satisfatório tirando de circulação condutores sem habilitação e veículos irregulares. Somente nos últimos 20 dias foram realizadas mais de 400 remoções de veículos ao pátio do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) e constatados mais de 2 mil veículos irregulares somente nos primeiros seis meses do ano.

Na manhã desta segunda-feira (29.06), em reunião no Centro Integrado de Controle Operacional da Guarda Civil Municipal, o tenente-coronel Renato Tolentino, comandante, Comandante do Batalhão de Polícia Militar de Trânsito e o Secretário Municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja fizeram um balanço das atividades e discutiram novas ações a serem desenvolvidas no segundo semestre deste ano. 

No encontro foram debatidos também os projetos e atividades que deverão acontecer em cooperação pelas duas forças de segurança. Previsto para setembro, o curso de batedores da PM já tem vagas destinadas aos integrantes da Guarda Civil Municipal. No encontro também foi definido que as equipes de trânsito, da Guarda e da PM, irão atuar nos cruzamentos com maiores índices de acidentes de trânsito da cidade, com ações de prevenção e fiscalização. “Os pontos serão eleitos de acordo com as estatísticas e as abordagens deverão ocorrer em todas as regiões da cidade”, informa Valério. 

“A presença da Guarda Municipal nas ruas atuando em diferentes frentes é um grande avanço da segurança pública. Poder contar com o trabalho da Guarda também no trânsito tem sido de grande relevância, já que amplia nossa capacidade de atendimento e nos permite elaborar um plano de ações ainda mais abrangente para atender a demanda da capital”, declara o tenente-coronel Tolentino.

O resultado prático da parceria pode ser observado, de acordo com o secretário municipal de Segurança Pública, Valério Azambuja, na redução dos índices de mortes no trânsito da capital. Segundo dados do GGIT (Gabinete de Gestão Integrada de Trânsito), de janeiro a maio de 2014 foram 44 mortes. Já no mesmo período deste ano, o número caiu para 24 vítimas fatais, uma redução de quase 50% de um ano para o outro. “Temos intensificado nossos esforços, juntamente com a Polícia Militar, para dar mais segurança aos usuários das vias de Campo Grande. Acreditamos que somente com essa cooperação é que poderemos reduzir ainda mais estes números”, afirma.

Jornal Midiamax