Comerciante recebe pistola como pagamento e tenta vender arma pelo WhatsApp

A arma foi entregue como pagamento de dívida
| 21/07/2015
- 16:33
Comerciante recebe pistola como pagamento e tenta vender arma pelo WhatsApp

A arma foi entregue como pagamento de dívida

Na segunda-feira (20) Falco Vicente da Silva, de 23 anos, foi preso em flagrante ao tentar vender uma arma de fogo pelo WhatsApp. O fato foi registrado em Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital.

De acordo com o boletim de ocorrência, o rapaz foi abordado por oficiais da Rotai (Rontas Ostensivas e Táticas do Interior), na casa dele, depois de denúncias anônimas. A polícia foi informada de que Falco estava tentando vender uma arma de fogo através do WhatsApp.

O jovem afirmou que recebeu a pistola Luger como pagamento de uma dívida de R$ 400 e estaria vendendo a arma por R$ 1,2 mil. Em buscas no celular de Falco, os policiais encontraram conversas com supostos compradores. Além disso, foram localizadas 19 munições calibre 22 na casa do rapaz, que foram apreendidas com a pistola.

O caso foi registrado como posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. 

Veja também

A Polícia Militar Rodoviária em conjunto com a PM 390 kg de maconha em Inocência,...

Últimas notícias