Polícia

Carga milionária da ‘Operação Projeção’ chega a Campo Grande

Interrogatório com presos pelo roubo no Vigário Geral será na manhã da segunda-feira (13)

Midiamax Publicado em 12/04/2015, às 23h10

None
operacao_projecao.jpg

Interrogatório com presos pelo roubo no Vigário Geral será na manhã da segunda-feira (13)

Já está em Campo Grande toda a carga com os equipamentos cinematográficos furtados no final de janeiro deste ano em um depósito, localizado na Favela do Vidigal, no Rio de Janeiro-RJ. Parte do material posteriormente foi encontrado Capital sul-matogrossense, no Jardim Itamaracá, região leste da cidade, o que desencadeou com a Delegacia Especializada de Combate ao Crime Organizado (Deco) uma operação para prender os autores do crime, que gerou um prejuízo de pelo menos R$ 24,3 milhões. 

O interrogatório com os acusados do roubo está programado para a manhã da segunda-feira (12), na sede da Deco, em Campo Grande. Segundo informações da delegada Ana Cláudia Medina, titular da Deco, a carga de sete carretas, além de três veículos de luxo recuperados, foram trazidos a capital sul-matogrossense para a continuidade das investigações. As apreensões ocorreram por meio de diligências nos estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo, da ‘Operação Projeção’, como foi batizada a ação policial que apura sobre o crime.

Os equipamentos cinematográficos, que haviam sido roubados pelos criminosos,foram importados da Bélgica e dos Estados Unidos. O material estava armazeanado para depois ter a distribuição em cerca de mil salas de cinema de todo o Brasil, que passariam com isso a ter tecnologia 4D  e 3D. Acredita-se que a quadrilha tenha inclusive utilizado empilhadeiras no assalto e seis caminhões.

Jornal Midiamax