Assassinado a tiros em lanchonete tinha briga antiga com o autor do crime

Suspeito e vítima se desentenderam em 2013
| 17/07/2015
- 18:09
Assassinado a tiros em lanchonete tinha briga antiga com o autor do crime

Suspeito e vítima se desentenderam em 2013

Adir Bento da Silva Filho, de 33 anos, morto a tiros em Naviraí, a 359 quilômetros da Capital, teria desavença antiga com o autor do crime. O fato ocorreu na manhã do último domingo (12).

Segundo informações do delegado responsável pelo caso e titular da Delegacia de Polícia Civil de Naviraí, Edson Luis Ruiz Ubeda, a vítima e o autor dos disparos se envolveram em uma briga, em 2013. Na ocasião, Adir teria quebrado uma garrafa na cabeça do suspeito.

Ainda de acordo com o delegado, não há indícios de que os envolvidos tenham se desentendido no dia do crime.

O caso

Na manhã do dia 12, por volta das 6 horas, Adir foi morto a tiros. Segundo o boletim de ocorrência, Adir foi atingido por três tiros quando chegou à lanchonete. A partir das imagens de câmeras de segurança, é possível ver que o atirador não se preocupou com a quantidade de clientes presentes no local.

O homem efetuou vários disparos com um revólver e fugiu do local em seguida. Testemunhas afirmaram que Adir havia sido perseguido por três pessoas momentos antes do assassinato. A suspeita é de que quatro pessoas estejam envolvidas no crime. O caso foi registrado como homicídio simples. 

 

Veja também

Rapaz chegou a ser socorrido, mas acabou morrendo no hospital

Últimas notícias