Polícia

Visivelmente embriagado, idoso bate carro em árvore, briga com ‘todo mundo’ e vai preso

Visivelmente alcoolizado, Onofre Tagino da Cruz, de 69 anos bateu um Uno Mille placa HRO-1721 que dirigia descendo pela Rua 76, no bairro Nova Campo Grande, acertando uma árvore, em um terreno baldio. Ao sair do carro, o motorista brigou com policiais e admitiu estar alterado. “To bêbado, to bêbado, não venham me encher o […]

Arquivo Publicado em 15/04/2014, às 17h30

None
1726216381.jpg

Visivelmente alcoolizado, Onofre Tagino da Cruz, de 69 anos bateu um Uno Mille placa HRO-1721 que dirigia descendo pela Rua 76, no bairro Nova Campo Grande, acertando uma árvore, em um terreno baldio. Ao sair do carro, o motorista brigou com policiais e admitiu estar alterado.

“To bêbado, to bêbado, não venham me encher o saco”, disse Onofre. A reportagem também tentou conversar com o motorista, porém ele se recusou. Apesar da batida, ele não se feriu.

A Polícia Militar prendeu Onofre em flagrante e de dentro do camburão o motorista gritava que queria fumar. “Por favor não me matem, deixa eu sair pra fumar”, ressaltava.

De acordo com testemunhas que presenciaram o trajeto feito pelo motorista alcoolizado, por sorte ele não atropelou dois ciclistas, pois estaria dirigindo em zigue-zague. “Um motociclista precisou subir na calçada para não ser atingido, pouco antes dele bater na árvore”, contou uma testemunha que preferiu não se identificar.

Segundo o policial de trânsito soldado Carlos Rogério, Onofre será levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Centro de Campo Grande e lá deverá assinar o Termo de Constatação após fazer o teste de bafômetro.

Constatada a embriaguez, a multa é de R$ 1.915,30, recolhimento da habilitação, suspensão do direito de dirigir por doze meses, além da retenção do veículo até a apresentação de um condutor habilitado.

Jornal Midiamax