Polícia

Vida dura: ladrão preso reclama do preço baixo pago em MS por produtos furtados

Juscelino Correia da Cruz, de 25 anos, mais conhecido como “Rondonópolis” foi preso pela Polícia Civil de Coxim, na tarde desta segunda-feira (11). Com a prisão dele a polícia elucidou quatro furtos e recuperou objetos levados pelo autor em dois deles. Com a maior naturalidade possível, “Rondonópolis” disse  a nossa reportagem que ultimamente não tem conseguido […]

Arquivo Publicado em 12/08/2014, às 00h49

None

Juscelino Correia da Cruz, de 25 anos, mais conhecido como “Rondonópolis” foi preso pela Polícia Civil de Coxim, na tarde desta segunda-feira (11). Com a prisão dele a polícia elucidou quatro furtos e recuperou objetos levados pelo autor em dois deles.

Com a maior naturalidade possível, “Rondonópolis” disse  a nossa reportagem que ultimamente não tem conseguido trocar os produtos furtados por entorpecentes, pois os donos das “bocas de fumo” só aceitam pagamento em dinheiro e não aceitam mais os objetos.

Como se não bastasse, “Rondonópolis” ainda reclamou dos receptadores que pagam pouco pelos produtos oriundos do furto. “As pessoas que compram estão muito mão de vaca, o cara pra quem vendi uma televisão dessas pagou só R$ 30”, comentou o autor apontando para um televisor de 32 polegadas recuperado pelos policiais.

“Rondonópolis” já havia sido preso pela Polícia Militar em junho deste ano quando foi flagrado tentando furtar uma sorveteria no Bairro Senhor Divino. Segundo ele, a onda de furtos em Coxim tem aumentado em virtude da grande quantidade de pessoas que se dispõe a comprar objetos furtados por um preço bem abaixo do valor de mercado.

Com a prisão dele, a polícia elucidou pelo menos quatro furtos e conseguiu recuperar dois televisores, um DVD, uma sanduicheira, quatro tabletes de suplemento energético, um edredom e uma caixa de som, tomados em dois destes crimes.

“Rondonópolis” foi autuado em flagrante e encaminhado para Estabelecimento Penal Masculino de Coxim, onde permanecerá a disposição da Justiça.

Investigações e prisão

Autor de vários furtos cometidos em residências e comércios de Coxim, “Rondonópolis” já vinha sendo investigado por policiais civis do SIG (Serviço de Investigação Geral) há alguns meses.

Por volta das 7 horas desta segunda-feira, os policiais receberam a denúncia de um furto ocorrido na Rua Antúrio na Vila Bela. A vítima encontrou a porta dos fundos de sua residência arrombada e teve vários objetos levados.

Com os vestígios encontrados no local e pelo modo operante, os policiais passaram a suspeitar de que “Rondonópolis” fosse o autor. Diante dos fatos eles foram até a casa dele, localizada na Vila do Pequi, onde encontraram alguns dos produtos descritos pela vítima.

Os policiais realizaram diligências até que encontraram o autor na Vila Bela. Durante a abordagem e confrontado pelas evidências, “Rondonópolis” confessou ser o autor de pelo menos quatro furtos e apontou o local onde vendeu os objetos furtados.

Numa residência, localizada na Vila Bela, os investigadores recuperaram um televisor de 42 polegadas, que o autor vendeu por R$ 80 e um aparelho de DVD. O dono do imóvel está sendo investigado por receptação.

Em outra casa, localizada na Avenida Frei Cirino João Primon, foram recuperados um edredom, tabletes de energéticos, uma caixa de som e um televisor de 32 polegadas, este último furtado no Bairro Flávio Garcia na última semana. Os objetos foram levados para a Delegacia de Polícia Civil onde foram reconhecidos pelas vítimas.

Jornal Midiamax