Polícia

Suspeito de executar ex-presidiário após tapa no rosto em briga por mulher é preso

Ele foi detido por policiais da 2ª Delegacia de Campo Grande, na própria região do assassinato.

Arquivo Publicado em 30/01/2014, às 11h54

None
1190685133.jpg

Ele foi detido por policiais da 2ª Delegacia de Campo Grande, na própria região do assassinato.

Foi preso, na noite desta quarta-feira (29) Fábio Renato da Conceição, 31 anos. Ele é acusado do assassinato de Reinaldo Gonçalves de Azevedo, de 41 anos, na tarde de quarta na Rua Leopoldina, localizada no bairro Nossa Senhora das Graças em Campo Grande.


Ele foi detido por policiais da 2ª Delegacia de Campo Grande, na própria região do assassinato, depois de informações recebidas durante as buscas.


Antes de ser assassinado, Reinaldo,  ex-presidiário, teve um boletim de ocorrência por violência doméstica lavrado contra ele na manhã do mesmo dia do seu assassinato.


De acordo com o registro, ele teria invadido uma casa que fica na Vila Nasser onde estaria a sua mulher e ainda teria furtado uma bicicleta. A amiga da mulher de Reinaldo, uma comerciante de 26 anos, revela que na noite de terça (28) a vítima teria brigado com a sua companheira e durante a briga tentou atingir o pescoço dela com uma faca que acabou a acertando de raspão.


Na manhã do assassinato, com ciúmes de um rapaz que estaria tendo um caso com a sua mulher, Reinaldo teria dado um tapa no rosto do suposto amante de sua esposa. O rapaz agredido é Fábio, suspeito de ser o autor do crime.

Jornal Midiamax