Polícia

Promotor do Gaeco deve ir a São Paulo ouvir ex-assessor da vice-prefeitura que foi preso

O promotor do Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) Marcos Alex Vera deve ir a São Paulo nesta segunda-feira (14) ouvir o ex-assessor da vice-prefeitura, Ronan Edson Feitosa de Lima, preso na última sexta-feira (11). Segundo a assessoria do Ministério Público do Estado (MPE), existia a possibilidade de o promotor viajar hoje, mas […]

Arquivo Publicado em 14/04/2014, às 13h12

None

O promotor do Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) Marcos Alex Vera deve ir a São Paulo nesta segunda-feira (14) ouvir o ex-assessor da vice-prefeitura, Ronan Edson Feitosa de Lima, preso na última sexta-feira (11).

Segundo a assessoria do Ministério Público do Estado (MPE), existia a possibilidade de o promotor viajar hoje, mas não está confirmada a ida. Não se sabe se o promotor já está em viagem ou se está em oitiva aqui em Campo Grande.

No Gaeco, funcionários não podem dizer se o promotor foi à sede hoje ou se está em viagem, Tudo porque a investigação PE mantida sobre sigilo.

As investigações do Gaeco somente vieram a público na sexta-feira, quando dois guardas municipais foram presos porque não tinham porte de arma e faziam segurança com pistolas ao prefeito Gilmar Olarte.

Salém Pereira Vieira também foi preso. A relação de Ronan com Alcides Bernal e Gilmar Olarte não está clara, já que ele é apontado como amigo de Olarte, que nega a relação, mas foi nomeado por Alcides Bernal na prefeitura.

Ronan foi exonerado da prefeitura no último dia 17 por Gilmar Olarte. Na sexta-feira, ao menos quatro pessoas foram ouvidas pelo Gaeco. Os dois guardas presos pagaram fiança e foram liberados.

Jornal Midiamax