Polícia

Preso por roubo a banco é suspeito de ter levado R$ 30 mil em joias um dia antes

Um dos três suspeitos presos em flagrante pela tentativa de roubo ao Bradesco da Rua Marechal Rondon, em frente da loja Americanas, foi reconhecido extraoficialmente como assaltante de uma joalheria na região. Ele teria levado R$ 30 mil em joias. No roubo de ontem, o ladrão fingiu ser um cliente, entrou na joalheria e anunciou […]

Arquivo Publicado em 08/02/2014, às 14h54

None
1206997539.jpg

Um dos três suspeitos presos em flagrante pela tentativa de roubo ao Bradesco da Rua Marechal Rondon, em frente da loja Americanas, foi reconhecido extraoficialmente como assaltante de uma joalheria na região. Ele teria levado R$ 30 mil em joias.


No roubo de ontem, o ladrão fingiu ser um cliente, entrou na joalheria e anunciou o assalto. Outros criminosos deram suporte.


Os três suspeitos detidos hoje são de São Bernardo do Campo (SP). Um deles tem 17 anos. Os outros 32 e 23 anos.


Apenas a identificação de um deles foi divulgada. É Lucas Lima Arikawa (23). Já o suspeito de 32 anos é que teria participado do roubo à joalheria.


Os três foram detidos pela Rotac do Batalhão de Choque na manhã deste sábado (8) enquanto tentavam implantar um sistema conhecido como chupa-cabra, que “pesca” os envelopes depositados em caixas eletrônicos.


Eles foram denunciados por um cliente que estava no banco e percebeu o movimento suspeito e ligou para a polícia.


Do local nada foi roubado, mas a polícia suspeita que eles tenham tido mais sucesso em outro banco.

Jornal Midiamax