Polícia

Prefeito que tentou ‘dar jeitinho’ em abordagem policial é denunciado por fraudar licitação

O Ministério Público (MP) de Bandeirantes encaminhou na sexta-feira (30) denúncia de improbidade administrativa por suposta fraude em licitação à Câmara de Vereadores contra o prefeito Márcio Faustino (PSD). O órgão havia denunciado Faustino recentemente, por tentar “dar jeitinho” durante abordagem policial. Entretanto, a denúncia foi rejeitada pela Câmara. A nova denúncia será ...

Arquivo Publicado em 02/06/2014, às 19h31

None
1380263583.jpg

O Ministério Público (MP) de Bandeirantes encaminhou na sexta-feira (30) denúncia de improbidade administrativa por suposta fraude em licitação à Câmara de Vereadores contra o prefeito Márcio Faustino (PSD). O órgão havia denunciado Faustino recentemente, por tentar “dar jeitinho” durante abordagem policial. Entretanto, a denúncia foi rejeitada pela Câmara.

A nova denúncia será votada pelos vereadores em sessão nesta quarta-feira (04). Segundo a promotora de Bandeirantes, Cinthia Giselle Gonçalves, o prefeito fraudou processo licitatório para transporte escolar em janeiro de 2013, tendo somente uma empresa vencedora.

Conforme a denúncia, o prefeito deixou de publicar o edital, comprometendo a competitividade da licitação e assinou a homologação do processo sem o parecer jurídico final do procurador do município. É listado ainda que Faustino supervalorizou aproximadamente 40 mil reais da quilometragem das linhas de transporte.

Prefeito nega

Faustino declarou à reportagem que o processo foi anulado em março de 2013. “Nenhum contrato foi assinado e não gerou danos aos cofres públicos, ao contrário do que a promotora diz”.

(Com informações do Veja Folha)


Jornal Midiamax